Saúde esclarece sobre infecções sexualmente transmissíveis

17/02/2020

A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) realiza, a partir desta semana, uma série de ações voltadas à prevenção das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e da Aids.  Os profissionais também vão oferecer aos interessados a testagem rápida para a detecção do vírus HIV.


A coordenadora de IST/Aids da SES-GO, Milca Queiroz, acentua que a ação será realizada nos dias que antecedem o carnaval pelo fato de a festa, normalmente, ser marcada pela ocorrência de relacionamentos casuais, entre pessoas que não se conhecem. “Temos a intenção de conscientizar as pessoas, principalmente os jovens, sobre a necessidade do uso do preservativo nas relações sexuais”, pontua a coordenadora.


Números


Os dados da SES-GO revelam que, só em 2018, foram registrados 1.549 casos de infecção pelo HIV. Desse total, 47% foram notificados em pessoas de 20 a 29 anos. No mesmo ano, foram feitos registros de 4.994 casos de sífilis. Desses, 39,7% acometeram a parcela da população nessa faixa etária.


Tanto a infecção pelo vírus HIV quanto a sífilis têm como principal forma de transmissão a via sexual, o que leva os gestores e profissionais de saúde a concluírem que a população, em geral, e o jovem, em particular, não usam preservativo nas relações íntimas.


Agenda


Para o dia 18 de fevereiro, está prevista a realização da iniciativa na Brasil Center Comunicações, também das 8h às 17h. Já em 4 de março, no mesmo horário, a ação vai contemplar os funcionários da Atento, empresa de telemarketing que presta serviços à Vivo.

O que achou dessa Notícia?
1 voto
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.