Opinião

A importância dos movimentos sociais

Wllisses Cavalcante Santos
06/08/2019

Diante desse quadro, tem-se a preocupação de retratarmos um assunto pouco relevante para alguns na sociedade, os movimentos sociais como são conhecidos, são organizações da sociedade civil, tendo como principal meio de formação o ato coletivo.

 

Os movimentos sociais são imprescindíveis instrumentos de reivindicações, influência, e transformações na sociedade, são eles responsáveis pelas divergentes reconquistas e cobranças de mudanças e medidas, estando sempre focado na manutenção dos direitos de seus respectivos militantes, o objetivo sempre é alcançar as alterações necessárias. O movimento dos trabalhadores sem terra (MST) e o movimento dos trabalhadores sem teto (MSTS), são respectivos movimentos brasileiros, merecedores de destaque. Os movimentos são contínuos e com aspectos de mudanças sociais.

 

A luta pelos direitos constitucionais e pela igualdade social, racial, e moral são características peculiares do mesmo. Infelizmente a sociedade em sua grande parte tem forjado o conhecimento, se tornando opositores a essas ações que são engrenagens fortes do cumprimento das leis. Medeiros (2014) “se cita como exemplos de Movimentos Sociais o Movimento Negro e Movimento Indígena. Ambos os movimentos se unem pela força de uma identidade étnica (negra ou índia) e combatem o adversário do colonialismo, racismo e expropriação, tendo como objeto de luta o reconhecimento de sua identidade, suas tradições, seus valores e até mesmo de manutenção de um território que vive sob constante ameaça de invasão, como é o caso das reservas indígenas e das áreas de quilombos”.

 

Grande parte dessas mobilidades sociais é constituída por pessoas que representam as minorias sociais e por OGNs e sindicatos, unidos pela renovação e pela resistência. Eles exercem um importante papel na democracia representativa que o Brasil vive, pois a democracia não existe sem a cidadania, e serão através dessas manifestações pacíficas e organizadas que poderemos garantir a eficiência de nossas leis. Lembrando que o mesmo não são especificamente manifestações irrefletidas, eles podem ser caracterizados de duas formas, estrutural e conjuntural.

 

Não sejamos pessoas fáceis de enganar, procure se informar antes de se posicionar, a informação é indispensável para a formação de uma boa ideia. Lutemos enquanto podemos, somente nós sabemos a relevância de nossos direitos, visando, sobretudo, o comprimento da constituição.

Wllisses Cavalcante Santos

Wllisses Cavalcante Santos é Acadêmico de licenciatura em História pela UNOPAR-GO, Acadêmico de licenciatura em Letras pela UEG- Câmpus São Luís de Montes Belos e Membro do Grupo de Estudos em Formação de Professores e Interdisciplinaridade (GEFOPI). Contato: Wllisses_cavalcante@outlook.com)

Mais Opiniões
O que achou desse Artigo?
22 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!