Opinião

Estamos condicionadas a um trabalho que equilibra razão e emoção

Heb Keller Fernandes de Oliveira
12/07/2020


A participação de todas as mulheres nos processos políticos na atualidade não é, em definitivo, uma luta recente, pois todas nós somos sabedoras do quanto tivemos de conquistar: primeiro, o direito ao voto, depois, a possibilidade de sermos votadas.

 

 

Também desejamos fazer valer nossos sonhos, nossos ideais, nossas metas e, para tanto, urge conquistarmos espaços no campo político.

 

E isso vem acontecendo, mesmo que timidamente, em todas as esferas da sociedade.

 

Há muita vontade de vencer, porque dentro de cada uma de nós, mulheres, mora o desejo de fazermos a diferença, na busca de melhorias para a nossa gente.

 

E este desejo, esta vontade de lutar, de somar e nunca diminuir, de agregar e nunca apartar é que nos condiciona a trabalhar corretamente, equilibrando razão e emoção, colocando-se sempre no lugar do próximo.

 

Partindo desse engajamento, todas as mulheres percebem que possuem qualidades e garra para, sim, ser uma agente política viável e relevante.

 

Somos capazes de integrar o campo político, nos esforçando para oferecer nossas vozes, nosso coração, nosso realismo pés-no-chão, nossa competência e, juntas, somarmos esforços para que a nossa presença seja imprescindível, junto a toda a nossa comunidade.

Heb Keller Fernandes de Oliveira

Heb Keller Fernandes de Oliveira é moradora de Iporá, esposa do médico Fernando Carreiro Alburquerque, que atua no Hospital Cristo Redentor e Hugol, em Goiânia. Ela é cunhada da deputada federal Flávia Morais.

Mais Opiniões
O que achou desse Artigo?
20 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!