Opinião

Foram 46 palestras, oficinas ou dinâmicas. Agrotecnoeste valeu a pena

Paulo Alexandre Perdomo Salviano
13/05/2019

A avaliação do que aconteceu na semana em Iporá é extremamente positiva. A III Agrotecnoeste foi evento que nossa equipe esteve por muito tempo preparando e foi muito bom. Valeu a pena!

 

Sentimos a falta do produtor rural em nosso evento. Entendemos ser difícil para ele deixar a propriedade, mas vamos estudar um horário diferente de eventos, mais tarde. Nesse ponto, tivemos um desagrado, mas isso é desafio pra nós e que vamos superar para aumentar o público no que diz respeito a produtor rural.

 

Tivemos na Agrotecnoeste surpresas agradáveis nas áreas de produção de bovinos, com cursos em diversos segmentos do setor produtivo. Falou-se muito em gado de leite e tivemos as empresas presentes. Por exemplo, uma empresa de energia fotovoltaica estava aqui e que fez vários negócios dentro do evento. A Emater esteve mais presente, plantou experimentos e os mostrou. A empresa de ponta na área tecnológica, a John Deer, estava conosco. A Comigo também estava presente, bem como a Pinauto. A Agripom, empresa de fertilizante de base biológica, esteve no evento, participando. Foram várias empresas!

 

A Agrotecnoeste teve um crescimento exponencial. Teve um público participativo e tudo, no que diz respeito a programação, ocorreu dentro da normalidade, com palestras e oficinas.

 

Tivemos representante do Ministério do Desenvolvimento; e também o Ministério da Agricultura representado, além de Embrapa e Emater.

 

Essas participações importantes somam muito. No todo, foram 46 palestras, oficinas ou dinâmicas. Houve uma movimentação de mais de 4 mil visitantes.

 

E traz resultado para a economia local. O Café Sul de Minas esteve presente e articulou negociações. A Pinauto fechou negócios e a Agripom agora vai ter um representante aqui na região.

 

O objetivo é também esse: trazer investidores. Estiveram conosco o Sicoob, banco cooperativo de crédito rural, abrindo contas. Sabemos que é essa a tendência bancária agora. Esteve conosco a MSD Vallée, Madeireira Iporá, Só Leite e muitas outras.

 

Foi evento importante como seminário de extensão, de ensino e na área científica. Tivemos dentro do evento desta vez um restaurante muito bom e ainda stands de açaí, sorvete e geladinho gourmée.

 

Estamos cogitando de passar a fazer o evento anualmente. Vamos sentar agora e conversar sobre isso, a fim de diminuir o intervalo entre um evento e outro, para dar mais movimentação na Agrotecnoeste.

 

Agora vamos passar a ter estrutura definitiva dentro da Fazenda Escola e que serve exatamente para isso. E ao serem feitos dentro da fazenda escola esses investimentos, como já fizemos neste ano, criamos uma estrutura permanente para as outras ocasiões. Parte do recurso do evento é aplicado de forma permanente, dentro do campus, e que dessa forma melhora também a qualidade de nossos cursos e nossas pesquisas.

 

Agradecemos a todos que estiveram nos apoiando. Foram muitos. Gratos a todos.

Paulo Alexandre Perdomo Salviano

Paulo Alexandre Perdomo Salviano é professor no IF Goiano Campus Iporá e foi coordenador da III Agrotencoeste, evento realizado com grande equipe de apoiadores

Mais Opiniões
O que achou desse Artigo?
7 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!