Opinião

Por causa de desunião estamos perdendo sedes de órgãos regionais

Adão Dias da Silva
22/04/2019

 

O Governo de Goiás noticiou nesta semana passada, a transferência da 7ª Delegacia Regional de Policia civil, para o município de São Luis de Montes Belos. A delegacia atua em mais de vinte municípios da região oeste de Goiás

 

Atualmente, a 7ª DRPC era comandada pelo delegado Ronaldo Pinto Leite.

 

Como cidadão iporaense como entre outros, estamos preocupados com a perca de outros órgãos que estão sendo cogitados a ser transferidos também para a cidade de São Luis, entre eles a Agrodefesa, Agência Prisional e a CRPM da polícia Militar, conforme anunciado por meios de comunicação daquela cidade.

 

Iporá perde muito, sem estes órgãos na cidade. Iporá passa a deixar de ser uma cidade de referência regional.

 

Cabe ao prefeito Naçoitan Leite, ter um dialogo maior com o governador Ronaldo Caiado, pela permanência dos mesmos em nossa cidade, deixando de lado as intrigas políticas, vividas recentemente por ambas as partes. Caso isso não ocorra a população vai sofrer grandes conseqüências e pagar uma conta que não é de responsabilidade nossa.

 

Não cabe somente ao prefeito cobrar do governador o retorno da delegacia de policia civil para Iporá, também dos vereadores e lideranças políticas que tem vinculo mais próximos com o governo e reivindicar o retorno e permanência dos demais.

 

Iporá não pode jamais de deixar de ser uma cidade de referencia regional. Cabe aos políticos de nossa cidade lutar pelas conquista adquiridas com o passar dos anos, pois o cidadão comum tem que contar com eles neste momento de perda.

 

No ano passado Iporá deixou de contar com a Vara do Trabalho, para o município de São Luis, passando a ser um posto de atendimento e infelizmente nada foi feito pela sua permanência.

 

Para a população só nos restam cobrar do prefeito Naçoitan Leite e dos vereadores mais empenhos para a permanência dos órgãos.

 

Eu noto que os políticos de São Luís estão unidos em prol de órgãos regionais naquela cidade. Enquanto isso, em Iporá, não percebo a mesma união e o que é pior; nosso prefeito não consegue manter um diálogo com o governador. Pelo contrário, entre as duas partes trocam acusações.

 

Que isso mude... e já...

Adão Dias da Silva

Adão Dias da Silva é repórter no Oeste Goiano.

Mais Opiniões
O que achou desse Artigo?
29 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

    Comente

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano.

    Faça seu Login

    Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

    Botão do Facebook
    Faça aqui o seu cadastro!