Opinião

Por traz dos concursos públicos há interesses sórdidos

Gesley Macedo
30/07/2013

Os concursos públicos em Goiás são uma vergonha aos goianos. O descaso e falta de competência na administração do Governo atual é insuportável. A sucessão de falhas, erros gravíssimos nos levam a crer na existência de um processo ilegal e proposital para se anular os concursos e não haver uma efetivação dos aprovados dos mesmos.

 

Os concurseiros, eleitores do mesmo governo, não acreditam mais nessa quadrilha organizada que administra o legislativo e executivo de Goiás. É preciso uma mobilização por parte do ministério público em prol dos estudantes.

 

A UEG, empresa estatal responsável pela elaboração das provas, não tem nenhuma qualificação para esse segmento, devido os sucessivos erros cometidos. A indignação aumenta em saber que a empresa responsável pelo concurso, faz parte de uma lista negra criada pelo ministério público, ainda continua compactuando contratos superfaturados com o governo Estadual.

 

Ninguém fiscaliza essas provas antes de serem aplicadas e nem as empresas responsáveis pela elaboração. Os concursos são portas democráticas para se chegar a um emprego público e precisam de seriedade e não podem ficar nas mãos das atuais administradoras.

 

O deputado Federal João Campos, representante de um grupo do povo, votou a favor da PEC-37 para eliminar as investigações do MP, todavia seus planos sórdidos falharam e o MP está atuante e nesse caso dos concursos públicos em Goiás há motivos de sobra para uma investigação.

Gesley Macedo

Gesley Macedo é arquiteto urbanista e engenheiro de segurança do trabalho. É gerente de projetos (MBA), professor na PUC-GO e mestrando em História na PUC-GO.

Mais Opiniões
O que achou desse Artigo?
16 votos
*As manifestações de internautas não representam a opinião deste jornal e são de responsabilidade de quem as emitiu.

5 comentários

  • paulo cesar borges xavier 01/08/2013

    é duro ter que aguentar estes calhordas que estão no poder em Goiás. Nunca se viu tanta falcatrua. É só precisar de arranjar dinheiro extra e lá vem o governo com a liberação de concursos para arrecadar a taxa de inscrição. Concursos só para arrecadar e legalizar "amigos e parentes" de políticos que estão trabalhando na máquina estatal, ou melhor, só recebem no final do mês. dá vontade de dizer:- "pára o mundo que eu quero descer". UEG - união dos estelionatários de Goiás.
  • Emerson Ferreira 31/07/2013

    Em relação ao TCE - auditoria, nunca tive respostas.
  • Emerson Ferreira 31/07/2013

    http://ibeg.org.br/2013/07/03/nota-oficial-da-saneago-sobre-o-concurso-publico/; O IBEG tem o prazo de 15 dias para responder a essas questões. Esse prazo começou a contar no dia 12/07/2013. Data essa que, oficialmente, recebemos as notificações. Diante das referidas questões acima apresentadas a SANEAGO está impossibilitada em repassar os valores devidos ao Instituto, justamente porque consta na recomendação do TCE a suspensão dos repasses a empresa responsável pela aplicação das provas (IBEG). Além da pendência que temos junto a Instituição ALFA, também estamos em falta com as pessoas que atuaram na aplicação das provas nos 17 municípios do interior do estado de Goiás. O IBEG, através de seu corpo jurídico, está tomando todas as medidas para responder aos questionamentos e solucionar o mais breve possível tais questões e assim sanar as pendências de pagamento.
  • Emerson Ferreira 31/07/2013

    Suely posso repassar o email recebido do IBEG: Informamos que os recursos que o IBEG tinha para quitação das despesas do Concurso foram oriundos de recursos próprios. Temos notas a receber da SANEAGO, mas que diante das informações abaixo apresentadas ainda não foi possível tal desembolso pela referida Instituição. As informações a seguir tem como objetivo principal nivelar e esclarecer sobre nossa pendência; sendo elas: - O Concurso da SANEAGO está suspenso em atendimento à recomendação feita pelo TCE - Tribunal de Contas do Estado de Goiás. Segue o link onde consta essa informação consta no site do IBEG: http://ibeg.org.br/2013/07/08/saneago-reune-documentacao-do-concurso-para-enviar-ao-tce/; - Existe também uma recomendação oriunda do Ministério Público do Estado de Goiás recomendando do cancelamento parcial do Concurso. Segue o link onde essa informação consta no site do IBEG:
  • Suely Nominato 30/07/2013

    Gostaria de saber aopinião do ilustre redator sobre o concurso da Saneago 2013, os erros na impressão das provas e gabaritos, o não pagamento dos servidores que doaram seus serviços em prol do bom andamento do processo seletivo e que até hoje não receberam pelos servilos prestados.

Comente

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano.

Faça seu Login

Use sua conta do Oeste Goiano ou Facebook para comentar.

Botão do Facebook
Faça aqui o seu cadastro!